Novo

Suspensão Carneira Com Jugular Push Key Para Capacete Msa

34 reales con 50 centavos

em 7x 5 reales con 60 centavos

Envio para todo o país

Saiba os prazos de entrega e as formas de envio.

Estoque disponível

Devolução grátis

Você tem 30 dias a partir do recebimento do produto para devolvê-lo, não importa o motivo!

Garantia

Compra Garantida com o Mercado Pago

Receba o produto que está esperando ou devolvemos o seu dinheiro

Garantia da loja

Sem garantia

Características principais

MarcaMSA
ModeloV-Gard

Outras características

  • Com arnês: Não

  • Com viseira: Não

  • Material: Poliamida

Descrição

A Suspensão Push-Key (tipo deslizante) é composta por cinta/fita dupla em Poliamida, carneira em PEAD de baixa densidade e testeira absorvedora de suor produzida em Laminado de PVC atóxico revestida com espuma multiperfurada de poliuretano que garante proteção e conforto ao usuário. Por não configurar um EPI de forma isolada (somente a suspensão), todas as suspensões MSA são testadas e aprovadas para uso e compõem os CAs dos Capacetes de segurança industrial Classe A e Classe B da MSA.

MATERIAIS E COMPONENTES:
Cinta/fita dupla - Poliamida
Carneira - PEAD de baixa densidade
Testeira absorvedora de suor - Laminado de PVC atóxico revestida com espuma multiperfurada de poliuretano
Jugular Têxtil - Poliamida
Jugular Elástica - Helanca
Peso aproximado - 52g

DIRETRIZES SOBRE A VIDA ÚTIL:
Data de validade do produto: Indeterminada (desde a data de fabricação, se mantido na embalagem em um local limpo e seco).
A periodicidade de troca do EPI ou do kit de higiene deve ser definida exclusivamente pelo
empregador através da análise do departamento do SESMT (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho) apoiado nos programas de PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional), PPRA (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais) e PCA (Programa de Conservação Auditiva), considerando o tipo de atividade, processos, ambiente de trabalho, aplicação de uso e conservação.
De acordo com a NR6, cabe ao empregador adquirir o EPI adequado ao risco de cada atividade, exigir seu uso, fornecer ao trabalhador somente o aprovado pelo MTE, orientar e treinar o trabalhador sobre o uso adequado, guarda e conservação, substituir imediatamente quando danificado ou extraviado, responsabilizar-se pela higienização e manutenção periódica, comunicar ao MTE qualquer irregularidade observada.
Considerando condições de uso normais, estima-se um período de até 5 (cinco) anos para a
realização da troca do casco e 1 (um) ano para a troca da suspensão.